quarta-feira, 15 de agosto de 2012

ESCANCARANDO DE VEZ


 


Tem Certas Coisas Que São Muito PerigosasSituações Um Tanto Quanto EscandalosasMas Sempre Vale A Pena Até / Correr O Risco / A Vida É Pra ViverSe De Repente A Gente Encontra Alguém Na RuaPode Acabar Até / Envergonhando A Lua Num Desses Lances Muito Loucos Que Acabam Num Quarto De MotelE As Vezes Basta A Porta Aberta Do BanheiroUma Tremenda Brincadeira No Chuveiro

E As Vezes Basta Uma Pergunta Embaraçosa / Pra Gente ConfessarQuem É Que Nunca Recebeu Uma CantadaQuem É Que Nunca Respondeu No Mesmo TomQuem É Que Nunca Recebeu Um BilhetinhoDas Mãos De Um Garçom
Eu E Você Assim / Ao Som De Um BoleroPra Lá, Pra Cá, Do Jeito Que Eu QueroVem Cá, Me Dá, Que Eu Sei Aonde Vai ChegarSe O Corpo Quer / Assim, Assim ColadinhoPra Lá, Pra Cá, Do Nosso JeitinhoMe Tráz, Me Faz, Me Roça E Deixe AcontecerE O Que Me Importa O Que Eles Vão Pensar De MimEu Quero Mais Comer O Fruto Até O FimEu E Você, A Dois, A Três Escancarando De Vêz

Nenhum comentário: