quarta-feira, 29 de setembro de 2010

O amor eterno é o amor impossível.
Os amores possíveis começam a morrer
no dia em que se concretizam.

Eça de Queiroz

Nenhum comentário: