sexta-feira, 9 de outubro de 2009

A dor dessa saudade



Ai, tô remoendo aqui a dor dessa saudade
Não sei se ainda posso acreditar no amor
É tanta dor que o peito tem que aguentar
Me falta o ar, me faz pensar
Ai, será que a vida vai fazer sentido agora
Se nos seus planos há chance pra nós dois
Eu quero acreditar que existe um depois
Eu vou fazer o amor vencer
Tento entender, mas não descubro onde foi que errei
Será que é proibido sonhar
Há tempos que não alimento esse desejo em ter alguém
Pra satisfazer meu eu, pra chamar de meu
Eu quero tanto ter esse amor
Só não desisto enquanto posso lutar
Seguro o choro, por dentro eu morro
Só, me sinto tão mal

Nenhum comentário: