segunda-feira, 29 de outubro de 2007

Sem Você ...

Sem Você ...

Meu sorriso de menina
Que a todos fascina
E que ao meu rosto havia retornado
Não consegue mais expressar
Minha tão sonhada felicidade.
Sem Você ... o canto do Sabiá ao amanhecer
Já não soa como uma linda melodia
Que embalava nossos sonhos enamorados
Lembrando que mais um novo despertar
Já nos aguardava, para novamente nos amar.
Sem Você ... a mais linda tarde de Sol
Que colore e dá brilho a natureza
Já não consegue mais fazer brilhar
Os meus pequenos olhos
Que só faziam te amar.
Sem Você ... não consigo olhar as estrelas.
Sinto que neste imenso universo
Algo mais importante está faltando
É o "Meu Pedacinho de Céu" Que um dia você disse ser para mim.
Sem Você ... os beijos loucos e ardentes
Não terão ais sabor Pois ao tocar a sua boca
Meu corpo todo se estremecia E todo o meu ser se sentia deliciosamente beijado por você.
Sem Você ... as noites se tornam longas e vazias Sinto um aperto no peito
E o medo invade o meu ser Aí então, eu volto a ser criança
Procurando o seu colo, para adormecer.
HOJE . . . Sem Você . . . Nada mais faz sentido
Não sou mais EU, porque EU era VOCÊ
e pensei que VOCÊ também fosse EU.
Mas por este louco amor vou lutar e
acreditar, que voltas para mim.
Aí ... seremos UM SÓ e não mais
EU e VOCÊ.

Nenhum comentário: