sexta-feira, 22 de junho de 2007

CULINARIA PARAENSE - MANIÇOBA


Do tupi Maní: deusa da mandioca, amendoim (maniva). Dos pratos mais apreciados de nossa culinária, a maniçoba ocupa, seguramente, o 2º lugar, só perdendo, mesmo, para o pato-no-tucupi, ponto alto de nossos quitutes.

O aspecto estranhíssimo - todo aquele folharal verde-negro onde
bóiam peças nobres de carne suína e bovina, acondicionado em requintadas terrinhas de porcelana ou, como seria o certo, numa imponente panela de barro - causa impacto no turista, seja brasileiro ou estrangeiro. As pessoas olham desconfiadas.

Sua preparação demora cerca de uma semana, pois a folha da maniva ( a planta da mandioca), depois de moída, deve ser cozida durante, pelo menos, quatro dias, após o que se acrescenta o charque, toucinho, bucho, mocotó, orelha, pé e costelas salgadas de porco, chouriço, lingüiça e paio, praticamente os mesmos ingredientes de uma feijoada completa. Pode ser acompanhado de arroz branco, farinha d'água e pimenta de cheiro a gosto.

Nenhum comentário: