sexta-feira, 22 de junho de 2007

A Culinária Paraense

A cozinha paraense é a mais brasileira e genuína, não possui influências europeias ou africanas. Os elementos encontrados na região, formam a base de seus pratos, o que deixa os gourmets maravilhados pela alquimia utilizada na produção destes pratos exóticos. Os nomes dos pratos são tão exóticos quanto seu sabor, já que são de origem indígena. Abaixo veja alguns exemplos da cozinha Paraense:

Maniçoba
Do tupi Maní: deusa da mandioca, amendoim (maniva). Dos pratos mais apreciados de nossa culinária, a maniçoba ocupa, seguramente, o 2º lugar, só perdendo, mesmo, para o pato-no-tucupi, ponto alto de nossos quitutes.

O aspecto estranhíssimo - todo aquele folharal verde-negro onde bóiam peças nobres de carne suína e bovina, acondicionado em requintadas terrinhas de porcelana ou, como seria o certo, numa imponente panela de barro - causa impacto no turista, seja brasileiro ou estrangeiro. As pessoas olham desconfiadas.

Sua preparação demora cerca de uma semana, pois a folha da maniva ( a planta da mandioca), depois de moída, deve ser cozida durante, pelo menos, quatro dias, após o que se acrescenta o charque, toucinho, bucho, mocotó, orelha, pé e costelas salgadas de porco, chouriço, lingüiça e paio, praticamente os mesmos ingredientes de uma feijoada completa. Pode ser acompanhado de arroz branco, farinha d'água e pimenta de cheiro a gosto.

Nenhum comentário: